Polinizando ideias com: A magia do som ou a droga da música

12045725_1224303464263297_5665020367246804286_o.jpg

O som é movimento. Quando escutamos um som é porque algo está vibrando, por exemplo quando falamos, o som é emitido pela vibração das cordas vocais. Ou, quando as cordas de um violão ou violino são movimentadas elas vibram e emitem sons, que a depender da qualidade do musicista e do compositor, podem ser mágicos.

Somente no início do século XX músicas e discursos puderam ser ouvidos com som amplificado, pois foram inventadas rudimentares caixas acústicas para este fim, derivadas da tecnologia de converter pulsos magnéticos em ondas de ar, captadas em nossos ouvidos como sons. A mesma tecnologia era utilizada nos alto-falantes existentes no rádio e no telefone.

Essas caixas acústicas eram muito ruins e cheias de distorções e só com o advento do cinema falado, os americanos Chester Rice e Edward Kellog desenvolveram, em 1926, o modelo eletrônico conhecido como radiola, que se popularizou mais tarde para uso doméstico. Eles reuniram simultaneamente qualidade e volume aos sons amplificados, possibilitando acompanhar os filmes falados. Depois de um século desta história e muita tecnologia desenvolvida, é possível ouvir música gravada em alta resolução, que proporciona um som mais limpo e mais clareza para cada instrumento.

Milhões de pessoas são amantes do prazer de ouvir música e um estudo publicado na Nature Neuroscience explica a razão de a música ser apreciada nas mais distintas sociedades humanas. O segredo, segundo o estudo, está no fato de o cérebro se inundar com dopamina, um dos vários neurotransmissores que os neurônios usam para enviar sinais químicos uns para os outros.

Em alta fidelidade ou não, desfrute do prazer que só a boa música é capaz de lhe oferecer.

Para saber mais sobre o estudo da Nature Neuroscience: bit.ly/1Nrx3oS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s