Café com a Oficina: O que se espera dos Líderes

12363236_1254455104581466_8006117954259498448_o

O Observatório das Multinacionais Brasileiras, vinculado à ESPM-Escola Superior de Propaganda e Marketing, divulgou o resultado da sua pesquisa “O que esperamos de nossos líderes”. O objetivo é comparar os estilos de lideranças organizacionais de diversos países e, no Brasil, 1051 executivos responderam à pesquisa.

Segundo os resultados, dentre os 12 comportamentos esperados dos líderes, os quatro mais desejados nos líderes brasileiros são: Integração; Persuasão; Engajamento e Clareza de Propósitos. E os quatro que receberam as menores pontuações são (o que não significam que não tenham importância): Tolerância à incerteza; Pressão por Produtividade; Visão de Futuro e empatados em quarto lugar Empoderamento e Relacionamento com os Superiores.

No Brasil, grande número dos empregos em nível de gestão estão em multinacionais, assim é necessário a quem deseja uma carreira de liderança estar atento aos comportamentos desejados e mais maduro para lidar com as diferenças culturais para conquistar resultados melhores para si e para as organizações das quais fazem parte.

Para acessar os resultados completos da pesquisa: http://www2.espm.br/sites/default/files/pagina/o_que_esperamos_de_nossos_lideres_resultado.pdf

Café com a Oficina: Verdade e Compaixão

11111623_1129054400454871_1755799396051123055_o

Ainda hoje, século XXI adentro, existem pessoas nas empresas que, tendo um cargo alto ou não, gritam e fazem linchamento público de pessoas que os contrariam. Talvez nunca tenham razão na forma como agem, mas empatizando com elas, dá para entender sua raiva e também dá para se compreender porque, essas mesmas pessoas, nunca agem grosseiramente com membros de sua equipe que, diante de perguntas como: “Qual o prazo?”, “Quem pensou isso?”, “Por que foi feito assim?, “Você sabe resolver isso?” e outras perguntas difíceis, assumem a responsabilidade, dizem a verdade e não ficam enrolando por medo de levar bronca. Lidar com pessoas difíceis requer verdade e compaixão.